Avaliação Médica para Treino

 

Carbos: Pode ou não pode?

          Atualmente está em alta dietas LowCarb (baixa oferta em carboidratos) ou as ZeroCarb (sem oferta de carboidratos). Mas será que essas dietas são saudáveis? Bem, isso é bastante controverso, tem nutricionistas e médicos que defendem com unhas e dentes esse tipo de dieta que chamam de estilo de vida. O que eu posso falar é que nenhuma sociedade médica ou de nutrição recomenda essas dietas como a ser seguida como o padrão de dieta saudável, todas, inclusive, governos federais ao redor do mundo, recomendam dietas que incluem sim a ingestão de carboidratos, sempre chamando a atenção para os carboidratos de boa qualidade (complexos).

          No livro "O que é o metabolismo?" da autora Alicia Kowltowski, uma médica pós-doutorada nos EUA e que atua na área de metabolismo energético e dedica sua vida ao estudo de como funciona o corpo humano do ponto de vista metabólico, afirma que dietas ricas em proteínas, sem ou com pouco carboidratos fazem o organismo queimar músculos para produzir glicose para alimentar o cérebro (que usa preferencialmente carboidrato como fonte de energia) e como produto dessa  energia vinda prioritariamente de proteínas ainda é jogado no sangue corpos cetônicos e ureia,  que em níveis elevados são altamente tóxicos para o organismo! Então eu como médica nutróloga com título de especialista debaixo do braço, e mais de 11 anos formada em medicina, não te recomendaria uma dieta que nem as sociedades da área recomendam como saudável e nem uma das maiores especialista em metabolismo no Brasil aprova! O segredo está sempre no equilíbrio! Então, amigo(a) se você quer emagrecer com saúde não existe fórmula mágica, existe sim uma fórmula, mas que exige muito empenho e dedicação que é alimentação equilibrada associada a atividades físicas!

                Claro que há casos que a gente usa algumas estratégias em relação a proporção de carboidratos, proteínas e gorduras, dependendo do quadro clínico do paciente e suas necessidades, mas para isso é necessário uma avaliação individualizada para fazer esse processo todo com segurança. Jamais siga dietas não equilibradas tiradas da internet feita por pessoas que na maioria das vezes nem especialista é!


 

 

Os segredos para prolongar a vida

Bom, podemos considerar que há vários fatores envolvidos para se chegar a fórmula de sucesso para ter uma vida mais longa, entre elas, obviamente ter hábitos saudáveis como alimentação equilibrada e atividade física. Mas cada vez mais se consolida a ideia através do resultado de diversos estudos que ser otimista, positivo e estar com o humor em dia tem um peso importante nessa equação.

Recentemente uma descoberta na Sardenha, região autônoma da Itália formada por 377 municípios, que é a campeã mundial de longevidade, com um percentual de habitantes que passaram dos 100 anos três vezes maior do que no restante do globo, me deixou mais convencida de como o bom humor faz diferença para se ter direito a mais anos de vida. Esses moradores foram estudados e foi aferido que uma grande parcela da população acima de 75 anos estava com a saúde mental em dia e afirmavam ser felizes. Em outra região em que tinha uma proporção bem menor de idosos foi encontrada uma porcentagem bem maior de depressivos e infelizes. E nessa região as pessoas são adeptas da famosa "dieta do mediterrâneo" que é uma das dietas mais estudas e consolidadas como positiva para saúde, ela tem por base o equilíbrio entre os macronutrientes (carboidratos, gorduras e proteínas), mas tem como fonte de gorduras de boa qualidade o azeite, oleagenosas e peixes.

Pense nisso! Pense no que você pode fazer pelo seu humor e pelo seu bem estar se você quer ter uma vida mais longa (e saudável). 


 

 

Atividade física como medicina preventiva

 

 

Benefícios do Pilates para os Homens

Uma das principais deficiências masculinas quando o assunto é exercício físico é a pouca ou nenhuma flexibilidade de seus músculos.

Isso fica fácil de notar quando vemos os famosos “atletas de final de semana” jogando futebol e resultando em um dolorido estiramento muscular por pura falta de flexibilidade e fortalecimento muscular.

O Pilates atua no ganho e melhora dessa elasticidade, uma vez que promove o alongamento global da musculatura visando sua manutenção e ganho de amplitude e qualidade de movimento.

 

Tudo sobre lombalgia

(Dor nas costas)

 

 

Lesões na corrida

 

 

Corrida e Pilates

Os benefícios do pilates, como melhora da postura, ganho de força e flexibilidade, estabilização do core e mais equilíbrio, já são bem conhecidos. Mas de que forma a prática dessa atividade pode aprimorar a corrida?

O ganho com a postura colabora para um bom padrão de movimento e evita compensações – por exemplo, o aumento de flexão da coluna (corrida corcunda) ou o quadril travado (corrida sentada). Assim, auxilia na prevenção de lesões e dores crônicas, como a lombalgia.

A melhora da força e da flexibilidade influencia na ação muscular: absorção de carga, aumento da resistência e alongamento. Dessa forma, ajuda a prevenir lesões musculares (em que o principal fator de risco é o desequilíbrio de forças), fratura por estresse e tendinopatias.

 

O que saber sobre hormônios antes de usá-los?

 

 

Escolha ter saúde

 

 

 Avenida Moaci - 632 - Moema - São Paulo/SP - CEP 04083-001
(11) 55610920
(11) 55612827
 contato@clinicasaudemoema.com.br